Gávea
 
 
 

HIPÓDROMO DA GÁVEA - RIO DE JANEIRO

QUARTETO DE CORDAS MARCOU PONTO PARA O HARAS DO MORRO
Em final vigoroso, pilotado de L.Henrique levou G.3

         Num páreo em que todos os competidores corriam agrupados, acabou prevalecendo QUARTETO DE CORDAS (M.C.3a.SP - Rock Of Gibraltar e New Hampshire, por Punk), criação do BEVERLY HILLS STUD (Alessandro Arcangeli) e pela primeira vez em defesa das cores do Haras do Morro (Diogo e Sinval Domingues de Araújo). Em direção arrojada de Leandro Henrique, QUARTETO DE CORDAS se impôs nos metros finais e faturou o GP JOSÉ BUARQUE DE MACEDO (G.3), 5º páreo da reunião de domingo, 14 de janeiro, no Jockey Club Brasileiro.
General Coelho pulou na frente, mas logo foi superado por Luchese, que liderou a carreira até a reta de chegada. Highlander Again, Juan Manuel Fangio, QUARTETO DE CORDAS e Fanboy vinham em seguida. Na entrada da reta decisiva, Luchese começou a mostrar sinais de cansaço, mas tudo estava em aberto. Highlander Again assumiu a liderança e QUARTETO DE CORDAS tentava progredir, mas sem espaço. Quando apareceu uma brecha, o Leandro Henrique não titubeou: aproveitou o pequeno espaço e começou a “tocar” seu conduzido. QUARTETO DE CORDAS correspondeu plenamente aos seus apelos e, nos instantes finais, sacou vantagem de 1/2 corpo sobre Highlander Again (Dubai Dust), que ficou com a dupla. Juan Manuel Fangio (Rock Of Gibraltar) a 1 corpo progrediu para terceiro e Fanboy (Adriano), a 1/2 corpo para quarto. Luchese (Molengão) a 1/2 corpo completou o marcador. Depois: General Coelho.
QUARTETO DE CORDAS, muito bem apresentado por Luiz Esteves, marcou seu 4º êxito (2º clássico) num total de 10 atuações, registrando 1’34”94 nos 1.600m, grama macia.


Quarteto de Cordas, com L.Henrique, é bom potro

 

PER-PIACERE SURPREENDEU JOLIE MABI NO FOTOCHART
Cria do San Francesco dominou o GP Roger Guedon

         A potranca PER-PIACERE (F.C.3a.SP - Plenty Of Kicks e Pemaquid, por Deputy Minister), criação do HARAS SAN FRANCESCO e propriedade do Stud Criação Seabra dominou Jolie Mabi no fotochart para vencer o GP ROGER GUEDON (G.3), 7º páreo de domingo (14/1), no Hipódromo da Gávea.
Letitgo foi para frente logo após a largada, mas seguida de perto por Jolie Mabi e por Lisarb. Luna Baluna e Fly First Class também vinham próximas. Na sequência, vinham Sabbra, Fanciful, Irina Palm, Etrusca, No La Queiras, Oops, Lemans, até PER-PIACERE, que aparecia na última colocação, passando apenas por No La Quieras no fim da última curva.
Nos primeiros metros da reta de chegada, Lisarb passou por Letitgo e Jolie Mabi começou a descontar a diferença que a separava das da frente. A 250m da meta, Etrusca vinha encerrada junto à cerca interna. Jolie Mabi assumiu a dianteira e chegou a abrir vantagem de 2 corpos. Quando tudo parecia favorável à pilotada de Waldomiro Blandi, voando por fora PER-PIACERE, na tocada irresistível de Leandro Henrique, juntou com a rival no disco e, num resultado só perceptível pelo fotochart, acabou livrando vantagem mínima sobre Jolie Mabi (Rock Of Gibraltar). Uma chegada tão espetacular quanto surpreendente. A paleta e também participando com destaque do final da carreira, Fly First Class (Wild Event) completou a trifeta, com Irina Palm (Soldier Of Fortune), que também deu pala de vitória, a 3/4 de corpo na quadrifeta. Oops (Ay Caramba) a 1/4 de corpo deu números definitivos ao marcador. A seguir: Fanciful, Lemans, Luna Baluna, Etrusca (foi prejudicadíssima), Lisarb, Sabbra, Letitgo e No La Quieras.
A vencedora PER-PIACERE, apresentação de luxo de Ronaldo Marins Lima, obteve seu 4º triunfo (2º clássico), até aqui composta por 10 corridas e marcou 1’35”10 nos 1.600m, grama macia.


Per-Piacere, com L.Henrique, dominou em cima do disco

 

COMANDANTE DODGE IMPÔS SUA CATEGORIA
Com Lasix, filho de Dodge é outro

         Num páreo à parte com Espiritus, o favorito COMANDANTE DODGE (M.C.6a.PR - Dodge e Free Wind, por High Yield), criação do Haras Anderson e propriedade da Coudelaria Família Monteiro venceu a PROVA ESPECIAL EULÓGIO MORGADO - TAÇA PROFISSIONAIS DO TURFE, 4º e principal páreo de segunda-feira, 15 de janeiro, no Jockey Club Brasileiro.
First Run atrasou-se na partida e, saindo da primeira baliza, COMANDANTE DODGE liderou o páreo de início. No entanto, poucos metros depois, Espiritus, acionado por Leandro Henrique fez questão da ponta e Vagner Borges manteve COMANDANTE DODGE em segundo, esperando a reta de chegada. El Bacan, Middle Fast, Ishvara e First Run vinham em seguida.
Nos 400m finais, acionado por Vagner Borges COMANDANTE DODGE igualou a linha de Espiritus e ambos brigaram até os 200m, onde COMANDANTE DODGE dominou por 1 3/4 corpo Espiritus (4.Drosselmeyer) definitivamente. El Bacan (5.Amigoni) correu sempre em terceiro e a 1 1/2 corpo nesta posição chegou. First Run (3.Put It Back) a 3/4 de corpo finalizou em quarto. Ishvara (6.Cape Town) a 2 1/2 corpos completou o placar. Depois: Middle Fast.
Foi a 9ª vitória (6ª clássica) em 35 apresentações (todas na Gávea) de COMANDANTE DODGE, que contou com preparo esmerado de Dulcino Guignoni. O tempo para os 1.200m, areia macia, foi de 1’13”59.

 

 
 

© 2017 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.