CARTA AO LEITOR

 

LUIZ EDMUNDO BARBOSA

Faleceu na quinta-feira, 29 de novembro, o Dr. Luiz Edmundo Barbosa, titular do Stud Capitão.
Advogado dos bons, temperamental, costumava dizer aos seus amigos, onde me incluo, que “via a alma de um cavalo de corridas”.
Teve dois animais de exceção entre tantos nas pistas: Pico Central e Canzone.
Investiu forte na criação e construiu seu próprio Centro de Treinamento.
Criou nos Haras Di Cellius, Fronteira PAP e atualmente no Haras Nijú.
Foi o responsável por trazer 5 garanhões que melhoraram em muito a nossa genética: Shirocco, Manduro, Soldier Of Fortune, Roderic O’Connor e Shanghai Bobby.
Junto com Luis Felipe Brandão dos Santos (Stud Eternamente Rio), fundou o site Raia Leve e sua função era angariar fundos e patrocínios para o pagamento das despesas. Na época, o saudoso Zig - também torcedor de seu Fluminense - era o editor, com Sérgio Rezende, Jair Bala, Ravagnani, Victor Corrêa e este colunista na equipe.
Dr. Luiz Edmundo foi casado com Cristina Garlip e, atualmente, com Drª. Regina. Deixa 3 filhos.
Costumávamos nos encontrar além da Gávea e nos criatórios de Bagé, depois Aceguá, no destruído Jockey Club de Campos e em suas corridas.
O “Capitão” está agora no céu, comandando seu C.T. Celestial, com a linda farda “Ouro, ferraduras azuis, mangas e boné ouro”, claro que conversando com seus amigos que lá o esperavam...

MARCOS RIZZON

 

 
 

© 2018 - Jornal do Turfe Ltda.
Copyright Jornal do Turfe. Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução do conteúdo desta página
em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização escrita do Jornal do Turfe.